sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Algumas regras que devemos seguir em um Dojo de Aikido.

Um Dojô (escola) de Aikidô segue rigorosamente as regras tradicionais da boa conduta. Seu espírito provém diretamente do Fundador do Aikidô e é um lugar onde são transmitidos os seus ensinamentos. Cabe a cada estudante honrá-lo e seguí-lo com sinceridade.

Quando você entra no Dojô, entra num mundo diferente, num mundo de guerreiros. Pode ser um lugar de respeito e amistosa camaradagem - ou um covil de paranóia e desconfiança. No tatame do Aikidô, atacamos e somos atacados, aprimorando a nossa capacidade de responder intuitivamente. É a corrente subjacente de etiqueta e comportamentos sociais que nos permite praticar em segurança, disciplinar e redirecionar as reações agressivas e desenvolvendo os sentimentos de compaixão e respeito.

A cerimônia que abre e fecha cada pratica do Aikidô representa uma reverencia formal ao Kamiza, seguida de um bater de palmas repetido duas vezes; depois faz-se uma reverencia ao Fundador e uma última entre instrutores e alunos. As reverencias ao Kamiza simbolizam o respeito pelo espírito e ensinamentos do Aikidô, como também a gratidão pelo fundador que desenvolveu esse sistema de pratica e estudo.

As palmas repetidas duas vezes simbolizam a unidade, musubi. O primeiro bater de palmas envia vibrações e liga o seu espírito ao espírito do Fundador e à consciência universal. As vibrações que você recebe de volta dependem de suas próprias crenças e atitudes espirituais.

A correta atitude de respeito, sinceridade e humildade, bem como a atmosfera adequada, são essenciais para o processo de aprendizado; e, como o Aikidô é uma arte marcial, constituem ingredientes imprescindíveis para a segurança de cada indivíduo.

As regra seguintes são necessárias para a manutenção dessa atmosfera e vitais para o estudo do Aikidô.

1) É responsabilidade de todos manter as regras tradicionais de conduta no Dojo, este espírito vem do Fundador e deve ser respeitado, honrado e mantido.

2) É de responsabilidade de todos criar uma atmosfera positiva de harmonia e respeito.

3) O Dojô não deve ser utilizado para outro fim a que se destina, salvo expressa ordem do Sensei (professor).

4) A limpeza é uma oração de agradecimento, é dever de todos executar a limpeza física e de coração.

5) É decisão do Sensei se irá ou tomar você como aluno. A técnica não se compra. A taxa mensal de contribuição garante o local do treinamento e da à você a oportunidade de mostrar um pouco de gratidão pelas lições recebidas. O estudante deve pagar a contribuição na data marcada.

6) Respeitar, Respeitar e Respeitar, é um pensamento constante em um Dojô.

7) É dever moral de todos usar as técnicas aprendidas para fins pacíficos visando sempre construir, é muito fácil quebrar ou machucar alguém, mas concertar o dano nem sempre é possível.

8) Procure controlar o seu ego no tatame. O Dojô de Aikidô não é um ringue de competição de vaidade.

9) A insolência (mau comportamento) jamais será tolerada, devemos ter sempre consciência das nossas limitações.

10) Cada pessoa tem condições e razões diferentes para treinar, devemos respeitar suas expectativas.

11) Jamais se deve contra argumentar com o professor, não há lugar para discussões em um Dojô.

12) Nunca deixe de fazer a reverência ao Kamiza (lugar onde fica o altar) ao entrar ou sair do Dojô.

13) O respeito com seu uniforme de treinamento o gi, é fundamental, este deve sempre estar limpo em boas condições e aparência. As armas devem estar em boas condições e guardadas no lugar certo quando fora de uso.

14) O Dojô não é praia, sente-se sempre em seiza ou com as pernas cruzadas no estilo japonês caso tenha problemas no joelho, evite encostar-se nas paredes.

15) Quando o Sensei demonstra uma técnica, fique sempre em seiza, após faça uma reverência, e comece imediatamente a praticar.

16) Quando o final de uma técnica é assimilada, cumprimente o parceiro e vá imediatamente para o lugar de início da aula.

17) se for absolutamente necessário perguntar algo ao Sensei (professor), vá até ele NÃO o chame para si.

18) Respeite os alunos mais experientes, jamais discuta se as técnicas estão erradas ou não.

19) Se você não é Yudansha (faixa preta) não corrija ninguém.

20) Não converse em cima do Tatame. Aikidô é experiência.

21) É responsabilidade de todos manter o Dojo limpo, de preferência deve ser varrido diariamente e antes de cada treino.

22) Não se deve usar jóias, mascar coisas no tatame. Além do corpo somente se usa o uniforme.

23) se você precisar sair temporariamente do Dojô peça autorização ao Sensei mas faça isso somente em caso de extrema necessidade.

24) É obrigatória a presença nos Eventos (Seminários, Workshosp, Palestras, Koshukais, Demonstrações, etc.) organizados pela Associação RS Aikikai. A sua evolução no Aikido está inteiramente vinculada a presença nesses eventos.
Apesar do Aikidô não ser uma religião o Dojô, ou local de pratica deve ser respeitado como um templo pois é nele que treinamos para nos aprimorar e refinar o nosso espírito.

Abraço para todos.

Marcelo Fraga
Postar um comentário