quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Nomes bonitos aos nossos fracassos

Publicou a minha querida professora Monja Isshin :


Em conversa com uma aluna, mês passado, falando da dificuldade que temos em assumir os nossos problemas e dificuldades, comentei que “sempre damos nomes bonitos aos nossos fracassos”.

Na ocasião, eu não poderia imaginar que o meu comentário resultaria neste bonito poema, depois que a minha aluna repetiu a frase para o poeta Mário Feijó.

Mário, obrigada por valorizar as minhas despretenciosas palavras de uma forma tão linda! Venha participar de nossa prática! Seja bem-vindo!

SEMPRE DAMOS NOMES BONITOS AOS NOSSOS FRACASSOS

Cada um pensa que sabe
Escolher o seu caminho
Muitos até insistem nos erros
E não os admitindo dizem que é por amor
Outros dizem que têm pena
No entanto muitos não vêem
Que não souberam fazer escolhas
E dizem que foram ingênuos
Que se deixaram levar pelo “clima”
O melhor é enfrentar tudo
Sempre de frente sem artifícios
Só assim percebemos que em muitas situações
Somos idiotas, teimosos, imbecis
E erramos como todos
Mas nunca queremos admitir nossos erros
E fica mais fácil colocar a culpa nos outros
E na busca de uma saída honrosa
Damos nomes pomposos de bons sentimentos
Para não admitir nossos fracassos…

Mário Feijó

10.08.10

visitar os sites do poeta:
Mário Feijó

http://artesplasticas-poesias.blogspot.com

http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mariofeijo
http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=3979
Postar um comentário