sexta-feira, 16 de maio de 2008

FUTURA ESTRÉIA SÉRIE DE DOCUMENTÁRIOS SOBRE O TIBETE

"Um Ano no Tibete" investiga a cultura e os costumes de uma das mais misteriosas comunidades do mundo.

Série inglesa é inédita no Brasil.

Estréia dia 12 de maio, às 21h30.

Às vésperas das Olimpídas de Pequim, manifestantes organizaram protestos pela independência do Tibete em diversas cidades do mundo.

Mas afinal que país é este?

A faixa Mundo.Doc estréia na segunda-feira, dia 12 de maio, a série Um Ano no Tibete.

Serão cinco documentários com uma hora de duração cada, que vão fazer uma verdadeira radiografia sobre esta conflituosa região. A produção é da inglesa BBC e os filmes são inéditos na televisão brasileira.A série abre uma janela para a cidade tibetana de Gyantse e o acolhedor mosteiro de Baijin. Em contato com o cotidiano de personagens comuns, Um Ano no Tibete nos convida a desvendar uma das mais misteriosas comunidades do mundo. Desde o empresário do ramo hoteleiro que luta para atrair mais turistas para o local até o xamã preocupado em se tornar dispensável aos fazendeiros, que não mais precisam de seus dons espirituais para aplacar os desígnios divinos. Essas são algumas das histórias que nos levam a viajar por esse fascinante mundo, onde a carga humana e emocional conduz o espectador a uma história Inesquecível.

Confira as sinopses de cada episódio da série Um Ano No Tibete:

Episódio 1. A Visita - 12/05/2008 - 21h30O Panchen Lama, o budista da mais alta hierarquia que vive no Tibete hoje, visita o mosteiro sem avisar e tumultua a vida dos monges no local. Para Tsephun, um monge iniciante, a visita do Panchen Lama faz com que o dia seja o mais alegre da sua vida. Na cidade Jianzang, um dono de um hotel local está preocupado com a redução no número de hóspedes e a visita de Panchen traz para ele a sorte inesperada no fim da estação.


Episódio 2. Três maridos e um casamento - 19/05/2008 - 21h30Todos se reúnem para a colheita. Um fazendeiro está preocupado com as pedras de granizo que destroem sua plantação, um construtor local tem dificuldade para conseguir um número suficiente de trabalhadores durante a colheita e monges vão para casa ajudar nas plantações. Enquanto isso, uma família local prepara o casamento da sua filha, mas ninguém lhe diz que ela é que irá se casar, nem mencionam o fato de que ela irá casar com o irmão do seu esposo.


Episódio 3. Fé, Esperança e Caridade - 26/05/2008 - 21h30Um puxador de riquixá (tipo de carroça) local tenta ganhar dinheiro com o inverno que se aproxima. Seu sobrinho de cinco anos é levado ao hospital, mergulhando a família em dívidas. Em outro lugar, um dono de um hotel se envolve em um processo jurídico com um resultado incrível e uma mulher está preocupada, pois tem a sensação de que as dores no seu estômago são o resultado de algo ruim que está por vir. No entanto, com a chegada do ano novo, todos esquecem suas preocupações para celebrar 15 dias de festa no seu feriado de ano novo.


Episódio 4. Os Monges Maus - 02/06/2008 - 21h30O diretor do mosteiro descobre que algumas das estátuas especiais foram roubadas e suspeita que alguém de dentro da organização seja responsável pelo crime. Isto serve de pretexto ao partido comunista local para fazer uma aliança com o governo, a fim de retirar os monges que eles acharem que se comportam mal. Um puxador de riquixá vai ao norte em busca de trabalho lucrativo e uma trabalhadora que dedicou sua vida ao Partido Comunista tem uma surpresa desagradável ao se aproximar da sua aposentadoria.


Episódio 5. O Conto dos Três Monges - 09/06/2008 - 21h30Esse episódio mostra o paralelo entre a vida de três monges e as mudanças no Tibete. O número dois na hierarquia do mosteiro enfrenta dificuldades para gerir o mosteiro em face da necessidade de aquiescer às restrições do governo. O monge mais novo do mosteiro trabalha com o seu mestre de 77 anos e com ele desenvolve uma proximidade conflituosa. Um dia o mestre pede que o garoto seja expulso. E este é o derradeiro golpe para ele.

Mundo.Doc Especial Tibete"Um Ano no Tibete"

Estréia: segunda-feira, 12 de maio


Exibição: Toda segunda-feira, às 21h30


Reprise: sábado, 17h30
Postar um comentário