terça-feira, 6 de agosto de 2013

Paraplégicos andarão!!!

Nicolelis, neurocientista brasileiro, está desenvolvendo um aparelho que promete devolver a mobilidade a deficientes. O primeiro resultado deve ser visto na abertura da Copa do Mundo de 2014.
Revista ÉPOCA

Projeto do exoesqueleto em imagem divulgada por Nicolelis (Foto: Reprodução/Facebook)

O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis publicou em seu perfil no Facebook a primeira imagem de como deve ficar o exoesqueleto robótico que está construindo. O aparelho faz parte do projeto Andar de Novo (Walk Again Project, no nome original), que tem como primeiro objetivo fazer uma pessoa paraplégica levantar da cadeira de rodas e dar o primeiro chute da Copa do Mundo de 2014.

“A imagem mostra os 5 módulos do exoesqueleto e o seu backpack [mochila] de controle”, diz a legenda da foto. “Ao longo da semana, outras imagens, contendo mais detalhes de cada módulo, serão publicadas aqui.” O exoesqueleto robótico poderá ser acoplado ao corpo de um paraplégico e ligado diretamente ao cérebro. Dessa forma, permite que o usuário controle o aparelho como se fosse parte de seu próprio corpo.

O projeto Andar de Novo, coordenado por Nicolelis e desenvolvido por uma equipe internacional, tem o objetivo de fazer pessoas voltar a executar movimentos perdidos. “A gente quer tentar restituir a mobilidade em pacientes com graves níveis de paralisia corpórea por meio de uma ligação direta do cérebro com uma veste robótica”, afirmou o neurocientista durante apresentação do projeto no Rio de Janeiro em maio.

“O exoesqueleto vai permitir que o paciente imagine o movimento, gerando uma tempestade cerebral que a gente consegue ler, e então traduz controlando essa veste robótica para que ele possa andar novamente, de forma autônoma”, disse Nicolelis. E o primeiro resultado deste projeto poderá ser visto em 2014, na abertura da Copa do Mundo no Brasil.

Postar um comentário