terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Novo trabalho sustenta que "dentes" podem trazer a cura para lesões de coluna


A notícia pode causar estranhamento em algumas pessoas, mas é uma realidade palpável, afirmam especialistas.

A pesquisa partiu de cientistas da Universidade de Nagoya no Japão. Ratos que tiveram lesões em sua medula puderam recuperar alguns movimentos apenas colocando a polpa de seus dentes nas partes afetadas da coluna.

Os cientistas conseguiram encontrar evidências que a polpa dos dentes consegue paralisar a morte das células nervosas, estimulando o crescimento de novas células saudáveis, promovendo novamente a ligação dos nervos. Segundo o estudo, a polpa pode ser retirada do siso sem causar nenhum efeito prejudicial.

Os responsáveis pela pesquisa declararam no portal britânico The Mirror que o uso de células-tronco provenientes dos dentes é um excelente recurso para tratar as graves lesões medulares.

Um dos responsáveis pela pesquisa, o Dr. Mark Bacon do Research Spinal declarou que este campo de pesquisa ainda está engatinhando e deverá apresentar muitos avanços nos próximos anos.

Os médicos advertiram que não podem afirmar que as células da polpa dentária são capazes de devolver movimentos em pacientes com lesões antigas, mas as pesquisas precisam avançar para compreender totalmente o mecanismo de ação destas células, buscando poder aplicá-las também em pacientes que não se movimentam há muito tempo. A pesquisa foi realizada com a aplicação das células-tronco logo após a lesão provocada nos ratos.

Especialistas em lesões de medula estão extremamente animados, mas alertam que mesmo que seja confirmado o poder das células-tronco derivadas do dente na regeneração dos nervos, serão necessários muitos anos de pesquisa para garantir 100% de eficácia
Postar um comentário