quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Viagem ao Japão: 01 – Tokyo & Sojiji (Yokohama)



Kirigaya-ji, depois do serviço memorial

Em setembro deste ano, viajei para o Japão para realizar as formalidades de Zuise nos dois templos-sede da nossa tradição, o último passo no processo de reconhecimento como monja plenamente formada como “oshô”, habilitada como Professor do Darma (Sensei) e autorizada a tornar-se abadessa de um templo oficialmente reconhecido.

Chegando no Japão, fui recebida no Templo Kirigaya-ji, cujo abade é o Rev. Junryû Kuroda, Roshi. Irmão mais novo do mestre Zen Maezumi Roshi (professor de ordenação da Monja Coen, a minha professora de ordenação), ele tem sido uma pessoa importante para o Zen ocidental devido ao seu apoio a muitos monges estrangeiros – inclusive eu. Cultivo imensa gratidão por todos os tipos de ajuda que ele tem me oferecido durante os anos do meu treinamento.

Na manhã seguinte, pude ajudar num serviço memorial; após, tiramos uma foto do grupo.

Em seguida, o Kono-san (monge do Kirigaya-ji que é amigo nosso e que passou alguns anos ajudando no Templo Busshinji em São Paulo) gentilmente me levou até o Templo-sede Sojiji, onde pude ser “abadessa por uma noite”, conforme relatado no texto sobre esta formalidade chamado Zuise.


Foto oficial - Cerimônia de Zuise no Sojiji - Onoda Roshi, Monja Isshin e Kono-san

Fiquei muito feliz e honrada com a presença do meu professor de transmissão, Onoda Roshi, na cerimônia.
Mais ainda, quase 10 anos atrás, tive a honra de estar presente na cerimônia de Zuise do Kono-san (tenho a foto comigo até hoje) e, por isso, foi muito importante para mim poder ter a presença dele na minha cerimônia.

Terminado o cerimonial de Zuise, o meu professor me levou num pequeno “tour” da região central do Tokyo num “Sky Bus”. Finalizamos o passeio almoçando junto com uma de suas filhas, que trabalha em Tokyo.

Para ver as fotos desta etapa da viagem com legendas explicativas, visite o álbum no PicasaWeb.





先生ありがとう
Postar um comentário