segunda-feira, 30 de maio de 2011

Greve pode acabar...

ZERO HORA


Após reunião de mais de três horas, acordo pode por fim à greve dos municipários

Proposta será discutida em assembleia às 14h desta segunda-feira


Prefeitura e servidores municipais assinaram um acordo, após uma reunião de mais de três horas, em Porto Alegre, para tentar por fim à greve.

A paralisação já dura uma semana. A prefeitura se dispôs a converter em índice de reajuste salarial alguns dos benefícios oferecidos anteriormente.

Uma assembleia, às 14h desta segunda-feira, decidirá se os grevistas aceitam ou não o reajuste de 8,16% acordado com o governo.

A proposta é que o aumento aconteça da seguinte forma: 7,1% a partir de maio e os 1,15% restantes a partir de janeiro de 2012. Além disso, haveria aumento do vale-refeição para R$ 13 e inclusão dos servidores no plano de saúde do IPE. A exigência de equiparação dos salários básicos dos padrões 2a e 3a com o salário mínimo e a reformulação do plano de carreira também constam no acordo.


Postar um comentário