domingo, 29 de maio de 2011

Secretária da Administração garante que haverá aumento na proposta de reajuste aos municipários

RÁDIO GUAÍBA -- 29/05/2011 12:07 - Atualizado em 29/05/2011 13:09

Nova reunião está marcada para a próxima manhã na prefeitura



O impasse entre a Prefeitura de Porto Alegre e os municipários em greve está próximo de chegar ao fim. Conforme a secretária municipal de Administração, Sônia Vaz Pinto, haverá aumento no índice de reajuste proposto para os servidores em relação à última proposta, escalonada, de 6,5% a partir de julho e mais 0,5% depois de dezembro. Os grevistas querem 18%. O percentual, no entanto, não está ainda fechado, e será discutido junto com o Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), em reunião a partir das 8h30min desta segunda-feira, no Paço Municipal.


Porém, o valor gasto com o funcionalismo deverá continuar o mesmo: R$ 230 milhões. O que poderá ocorrer são reduções nas demais reivindicações, como plano de saúde e vale-alimentação, que deve subir de R$ 12 para R$ 13. A solicitação era de R$ 18. Sônia Vaz Pinto explica que a proposta está sendo elaborada em conjunto.


Neste domingo, o dia dos municipários em greve foi diferente. Desde a segunda-feira passada ocorreram passeatas entre órgãos municipais para reivindicar 18% de aumento. Hoje, no entanto, a manhã e a tarde são de chimarrão no Parque da Redenção. Está sendo distribuída uma carta aberta à população. Nesta segunda-feira, no início da manhã, os grevistas irão se concentrar na frente do Paço Municipal. A expectativa da diretora do Simpa, Carmem Padilha, é de uma boa negociação.


A proposta final será discutida em assembleia às 14h desta segunda-feira, no Parque da Harmonia. A greve fechou 90% das escolas e 70% dos serviços de saúde, além de outros setores da administração, como os Departamentos de Esgotos Pluviais e de Habitação e a Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov).



Fonte: Marjuliê Martini/Rádio Guaíba

Postar um comentário