quarta-feira, 13 de abril de 2011

Sabedoria do Momento


Pare de tentar e FAÇA.


Por que insistimos em querer saber como alcançar a iluminação ou a sabedoria suprema?

Querer no sentido de dominar uma fórmula.

Como se houvesse essa fórmula pronta e ela servisse para todos.

Existe sim uma disciplina ou disciplinas que podem ser adotadas para pavimentar o caminho, mas não é só isso.

Há pessoas que podem caminhar sem a necessidade que haja um caminho pavimentado.

Embora a maioria precise que algumas facilidades lhes sejam apresentadas, de placas indicativas e de instruções.



A sabedoria vem da experiência e o despertar do ser que já é pode vir de muitas formas longo da vida ou de vidas.

Há muitas pessoas por ai que poderíamos considerar sabias e despertas e nunca tiveram contato com nenhuma religião.



Apenas viveram seguindo os preceitos básicos universais.

E me ocorre perguntar para quê alguém quer se iluminar?

Qual o objetivo?

Está pronto para lidar com tal responsabelidade?



Seria como querer ganhar na mega sena e não saber o que fazer com o prêmio.

Antes é preciso estar pronto para o prêmio e tudo que vem com ele. Se não ele será disperdissado.




A preparação acontece no dia a dia, na pratica, no vivenciar experiências, nas mínimas ações cotidianas.

Aquelas que negligenciamos o tempo todo são as mais importantes.

Se não estiver buscando os meios para estar pronto esqueça da iluminação.

Ela acontece a todo momento sem que tenhas controle ou consciência.



Apenas segue sendo o que puderes ser de melhor sem exigir que os demais te acompanhem.

Segue sendo como aquele que não sabe e já é desperto.

Sem aflição, sem ansiedade.




Postado por Jeane Dal Bo, praticante Zen.
Postar um comentário