terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Seiza - o conceito de "Sei" - Tranquilidade


por Wagner Haku-Shin, terça, 7 de Fevereiro de 2012 às 18:02


Seiza (静座)


 O conceito de “Sei”: Tranquilidade

O ideograma chinês “Sei” (静) tem um grande número de significados. 

Dentre os mais amplos, destacamos:


“Shizuka”: repouso; antônimo de movimento; diz-se de algo que está firme e imóvel.

“Damaru”: estar calado.

“Yasuraka”: calmo, tranquilo.

“Tadashii”: correto, polido.

“Ikou”: descansar.

“Sumu”: tornar-se claro, transparente.

“Yaharagu”: abrandar-se.

“Isagiyoshi”: valoroso.


Tais sentidos podem ser observados em uma série de palavras compostas como “sei-i” (vontade serena), “sei-kan” (visão serena), “sei-za” (prática de meditação que é feita sentando-se imóvel), “sei-shi” (contemplação), “sei-jaku” (concentração), “sei-yô” (cura, recuperação), etc.

“Seiza” será, pois, sentar-se em uma atitude de calma, tranquilidade, repouso, silêncio e transparência, ao passo que “seishi” será um estado de espírito calmo, transparente e correto.

“Seiza” é, então, a expressão da quietude do corpo, ao passo que “seishi” exprime a tranquilidade do espírito.

Temos assim expressada a quietude dos dois aspectos que fazem o ser humano: corpo e espírito. As duas palavras expressam, pois, a quietude do ser humano.
Postar um comentário