sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Porto dos Mortos


Sala P. F. Gastal estreia longa gaúcho de horror


24/10/2012 17:34:54

A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) lança no dia 2 de novembro (Dia de Finados), sexta-feira, o longa gaúcho de horror Porto do Mortos. Escrito e dirigido por Davi de Oliveira Pinheiro (que divide a produção com Isidoro B. Guggiana), Porto dos Mortos acompanha a jornada pós-apocalíptica do Policial (Rafael Tombini), personagem que caça um assassino serial místico conhecido como Passageiro (Adriano Basegio). O filme pode ser conferido na Sala P. F. Gastal em três sessões diárias, 15h, 17h e 19h. Nos dias 2, 3, 4 e 6 de novembro, as sessões das 19h serão comentadas por diferentes membros da equipe técnica do filme. Os ingressos custam R$ 6,00 e R$ 3,00. A classificação indicativa é de 18 anos.

Vencedor de dois prêmios internacionais e selecionado para mais de 30 festivais, entre eles o espanhol Festival de Cinema de Sitges (considerado o mais importante festival de cinema fantástico do mundo), Festival de Cinema Latino de Chicago e Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano (Cuba), Porto dos Mortos (Beyond the Grave no exterior) alcançou status de filme de culto entre festivais de cinema “underground” e críticos de Internet ao redor do mundo. Em produção desde 2007 e rodado em HD na cidade de Porto Alegre (RS) e arredores, o filme tem orçamento estimado em R$ 300 mil. Porto dos Mortos também pode ser assistido instantaneamente no serviço por assinatura Netflix em todo o Brasil, Estados Unidos e América Latina. Mais informações podem ser encontradas na página do filme no Facebook: 

"Criar Porto dos Mortos foi um processo que aconteceu em Porto Alegre. É um filme daqui, da nossa terra, e após circular durante esse tempo pelo mundo, é emocionante ver o filme voltar à cidade e o dispor ao olhar dos meus conterrâneos. Foi uma longa jornada para chegar até aqui", avalia Pinheiro.

Sinopse - Porto dos Mortos marca a estreia na direção de longa-metragem de Pinheiro (33 anos), que também escreve e produz essa mistura de horror, road movie existencial e western spaghetti. "O primeiro filme estabelece sempre quem o cineasta é, qual sua personalidade. Talvez ainda não enxergue claramente, mas com a distância pode ser que eu veja todas as sementes de meus futuros filmes nesse primeiro momento criativo", acredita o diretor. A história de Porto dos Mortos acompanha a caçada de um policial a um maníaco sobrenatural por entre paisagens desoladas e estradas vazias povoadas apenas por mortos vivos. O policial encontra em seu caminho outros sobreviventes, como o casal adolescente Atirador (Ricardo Seffner) e Nina (Amanda Grimaldi), o amistoso Franco (Alvaro Rosacosta), a grávida Adriene (Luciana Verch) e o truculento Ashley (Leandro Lefa).

Entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro, o cinema da Usina do Gasômetro também realiza as últimas sessões da mostra Sob Constante Ameaça, iniciada em 23 de outubro.


GRADE DE HORÁRIOS:
30 de outubro a 4 de novembro

30 de outubro (terça-feira)15h – A Vila (Mostra Sob Constante Ameaça)
17h – Os Pássaros (Mostra Sob Constante Ameaça)
19h – Exibição Bones and Brigade (evento fechado)

31 de outubro (quarta-feira)15h – Vampiros de Almas (Mostra Sob Constante Ameaça)
17h – Os Invasores de Corpos (Mostra Sob Constante Ameaça)
19h – Conversa com o fotógrafo Marcelo Leães sobre a exposição Onde Não Pensamos

1º de novembro (quinta-feira)15h – Fim dos Tempos (Mostra Sob Constante Ameaça)
17h – A Noite dos Mortos Vivos (Mostra Sob Constante Ameaça)
19h – O Abrigo (Mostra Sob Constante Ameaça)

2 de novembro (sexta-feira)15h – Porto dos Mortos
17h – Porto dos Mortos
19h – Porto dos Mortos (sessão comentada com o diretor, produtor e roteirista Davi de Oliveira Pinheiro e o produtor Isidoro B. Guggiana)

3 de novembro (sábado)15h – Porto dos Mortos
17h – Porto dos Mortos
19h – Porto dos Mortos (sessão comentada com o supervisor de finalização e efeitos especiais Pedro Marques)

4 de novembro (domingo)10h15 – Sessão Clube de Cinema (Porto dos Mortos)
15h – Porto dos Mortos
17h – Porto dos Mortos
19h – Porto dos Mortos (sessão comentada com o diretor de fotografia Melissandro Bittencourt e a diretora de arte Carmem Fernandes)
Postar um comentário