quinta-feira, 16 de maio de 2013

Cinco Lembranças

zendo brasilia - meditação Zen Budista: Cinco Lembranças:

Cinco Lembranças


O Buda recomenda que recitemos as “Cinco Lembranças” todos os dias:

1-    Eu tenho a natureza daquilo que envelhece. Não há como escapar da velhice.

2-    Eu tenho a natureza daquilo que adoece. Não há como escapar da doença.

3-    Eu tenho a natureza daquilo que morre. Não há como escapar da morte.

4-    Tudo o que me é caro e todas as pessoas a quem eu amo têm a natureza daquilo que muda. Não há como não me separar delas.

5-  Minhas ações são meus únicos pertences verdadeiros. Não posso escapar das conseqüências de minhas ações. Minhas ações são o chão no qual eu piso.

As Cinco Lembranças nos ajudam a lidar com nosso medo de envelhecer, de ficarmos doentes, de sermos abandonados e de morrer. Essas lembranças também funcionam como uma campainha da atenção plena, que nos ajuda a apreciar melhor as maravilhas disponíveis aqui e agora. Entretanto, no Sutra do Coração, Avalokiteshvara ensina que não existe nascimento nem morte. Por que o Buda nos diria que nossa natureza é morrer se não existe nascimento nem morte? Porque nas Cinco Lembranças ele usa a ferramenta da verdade relativa. Ele sabe muito bem que em termos absolutos não existe nascimento nem morte.

(A essência dos ensinamentos de Buda – Thich Nhat Hanh)
Postar um comentário