segunda-feira, 6 de maio de 2013

O que muda com a meditação NÃO É só a foto

O que muda com a meditação NÃO É só a foto



Mostrar com fotos o antes e depois de um período de meditação é valido, mas ao mesmo tempo enganoso. Mudanças acontecem o tempo todo e não são duráveis. Passei duas semanas em retiro e minha foto antes e depois, que não mostrarei, foi significativa, mas o depois do depois já é outra foto. Ou seja aquela "iluminada" que o semblante ganha com a prática intensa, não resiste por muito tempo. Não adianta se entusiasmar muito, nem tentar manter essa aparência de feliz, porque quem é gato escaldado já sabe que os embates do dia-a-dia vão fatalmente nos roubar sorrisos luminosos. O que é importante é manter a prática correta e a "mente que não sabe" a cada momento. Isso pode não resolver sempre, mas resolve se a gente lembra de sempre voltar para aquele estado de meditação plena, mesmo nas tarefas do dia-a-dia. Esse é o exercício mais difícil de manter e como esquecemos de continuar praticando fora das salas de meditação, nossa aparência vai mudar de aberta para fechada e assim por diante. São raros os que conseguem ficar com aquele sorriso sereno por muito tempo. Mas de todo modo a transformação é muito boa e todos que a experimentam se surpreendem. O importante é não se apegar a esses detalhes e manter a prática constante.


Se ficarmos o dia todo fotografando nossa face vamos constatar que em poucas horas ela também muda muitas vezes de aspecto. Faça o teste.

Postado por Jeane Dal Bo
Postar um comentário