sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Sobre o Budismo Terra Pura

Terra Pura é uma forma de budismo, também conhecida como amidismo devido à sua característica de devoção ao Buda Amida, o Buda da Luz Infinita, principalmente pela recitação do nenbutsu.

A escola original foi fundada por Honen Shonin (1133-1212). Em japonês, chama-se "Jodo Shu".
Como muitas outras escolas budistas, a Terra Pura dividiu-se em várias. No Brasil a mais conhecida é a Verdadeira Escola da Terra Pura (em japonês: Jodo Shinshu), criada por Shinran Shonin (1173-1262),discípulo de Honen Shonin.
As Escolas Terra Pura fazem parte do movimento ou veículo Mahayana dentro do Budismo, e são particularmente devocionais para os padrões budistas. Talvez por isso mesmo são também das mais numerosas em adeptos.


O dia 16 de janeiro de 2012 comemora os 750 anos em memória de Shinran Shonin, o fundador da Escola "Jodo Shinshu". Os ofícios da "Celebração em memória dos setecentos e cinqüenta anos de Shinran Shonin" serão realizados no Hongwanji a partir de abril de 2011, no recém-reformado Salão do Fundador "Goeidô". Nessa ocasião extraordinária, por meio da reflexão sobre os trabalhos e sobre as qualidades de Shinran Shonin, da evocação das suas virtudes e do acolhimento sincero dos ensinamentos de Jodo Shinshu, tenho a esperança de que poderemos transmitir e partilhar a vida que ele nos doou de forma que a tomemos como uma luz que nos possa guiar neste mundo de permanente tumulto e conflito.


Shinran Shonin nasceu no ano 1173. Ordenado com a idade de nove anos, aplicava-se com diligência aos estudos e práticas budistas no monte Hiei. Porém, continuava incerto quanto ao caminho que conduziria à libertação das ilusões. Aos vinte e nove anos, guiado por uma visão do Príncipe Shotoku, encontrou Hônen Shonin, seu mestre, e então, entregou-se ao Voto Original do Buda Amida, tornando-se um praticante do Nembutsu. Aos trinta e cinco anos foi exilado para a província de Echigo, atual Niigata, em virtude da perseguição movida em 1207 aos seguidores do Nembutsu. Mais tarde mudou-se com a família para a região de Kantô, próxima da atual capital Tóquio, onde, compartilhando a vida das pessoas daquela região, prosseguiu o caminho do “Com a consolidação da Mente Confiante em si próprio, partilha-a com os demais”.


Nos últimos anos da sua vida, passados em Quioto, dedicou-se a terminar sua obra principal, Kyôgyôshinshô, além de escrever outras obras, que incluem as três coleções dos Hinos Wasan, antes de deixar esta existência aos noventa anos para ir nascer na Terra Pura.


O Budismo da Terra Pura "Jodo Shinshu", cujo ensinamento foi iniciado por Shinran Shonin, diz-nos que, graças ao Poder do Voto Original do Tathagata Amida, recebemos o dom de nascer na Terra Pura, onde imediatamente atingimos a condição de Buda, podendo retornar a este mundo, ao conduzir aqueles que permanecem presos à ilusão para a salvação. Nosso Nascimento na Terra Pura é definitivamente consolidado quando ouvimos e nos entregamos ao Nome, ao Namo Amida Butsu. Então, conscientes do quanto recebemos e também da nossa gratidão, podemos passar a viver cada momento de nossa vida reverenciando as virtudes do Tathagata mediante a recitação do Nembutsu.


Todos os seres, vivos e não-vivos, deste planeta Terra estão interligados, tal como é ensinado pelo Budismo no princípio de interdependência: pratîtya-samutpâda. Porém, o pensamento egocentrado tornou-se tão prevalecente, que a busca cega, desenfreada de bens materiais por parte de um segmento da humanidade cresceu a tal ponto que acabou criando uma iniqüidade ao redor de todo o mundo. Essa situação põe em risco a própria continuidade da humanidade e de outras formas de vida. Mais ainda: nesta sociedade de constante e abrupta mudança, o sentido da nossa própria vida parece instável. Arrastados pelas correntes que a sociedade nos impõe, pergunto-me se não nos esquecemos até de notar a complacência com que vivemos nossa vida no meio da ilusão.


A vida de Nembutsu é aquela em que todas as formas de vida são iluminadas e cingidas pela Sabedoria e Compaixão Infinitas de Amida, respeitando-se e sustentando-se mutuamente, para que caminhemos na senda que conduz ao Nascimento na Terra Pura.


Pela Sabedoria do Tathagata, compreendendo que a origem de todos os conflitos está no autocentramento dos seres humanos, espero que possamos contribuir para a construção de um mundo onde todos vivam plenamente, aceitando e lidando com tudo o que a vida possa trazer, com o coração abrangente.


Nossos antepassados, que viveram em tempos bem difíceis, admiraram e reverenciaram Shinran Shonin, ouvindo diligentemente o Dharma, ajudavam-se uns aos outros, nutrindo um sentimento de prosseguir o ensinamento preservando o Templo Matriz. Devemos acolher essa maravilhosa tradição e dar-lhe continuidade. Olhando para a organização do nosso Hongwanji, no entanto, podemos notar um fosso entre os meios de transmissão do ensinamento, como a pregação do Dharma, a liturgia, e a vida cotidiana. E as atividades do templo atraem cada vez menos a participação dos leigos. Ainda está difícil lidarmos com as rápidas migrações de populações e com os problemas de sucessão para as novas gerações.


Tendo o ofício em memória de Shinran Shonin como uma grande oportunidade, a nossa escola está formulando vários planos de longo prazo, com vistas a mais ampla transmissão do ensinamento. Dando continuidade ao espírito do Movimento da Associação de Adeptos, iniciado por ocasião da comemoração dos 700 anos, e do Movimento de Companheiros Praticantes, poderemos construir uma instituição religiosa capaz de responder adequadamente ao desafio da sociedade contemporânea. Para realizar essa tarefa, precisamos cultivar a mente aberta, compartilhando os sofrimentos e pensamentos dos nossos semelhantes, construindo uma instituição na qual as pessoas possam se ajudar e na qual o ensinamento seja transmitido. Precisamos também renovar a estrutura organizacional para que atenda às necessidades da nossa época.


Desejo também, durante a realização dessa celebraçao em cada templo e cada local, que as atividades dos templos, junto com os adeptos, sejam bem adaptadas a cada região, que a interação com a sociedade local floresça e idéias criativas surjam naquelas regiões que ainda não foram alcançadas pelas nossas ações.


Conto com sua ativa colaboração, contribuição e participação para o início de uma nova atuação da nossa Escola.


09 de janeiro de 2005


Shaku Sokunyo
OHTANI Koshin
Monshu do Hongwanji
Postar um comentário