domingo, 22 de abril de 2012

SEXO


Quem acompanha o blog nestes quase 4 anos (dia 25/04 fecha 4 anos) sabe que os assuntos aqui são sempre os mesmos: Budismo, Zen (nem sempre são sinônimos), Meditação, Neuropsicologia e saúde mental e urbana... regada com nerdisses ocasionalmente. Que este é um Blog de LEITOR. Que não sou escritor mas um divulgador de coisas e idéias que admiro e que, acredito honestamente, podem ajudar a um outro leitor desprevenido em sua vida.

Hoje vou postar uma destas coisas que passam batida nas páginas sobre saúde e budismo... mas que é de EXTREMA IMPORTÂNCIA na vida da pessoa comum e saudável: SEXO.

Acredito que uma das coisas que mais se deixa em escanteio na busca espiritual é a simples e profunda forma de troca de carinho e atenção que se pode dar a outro ser humano pela profunda relação de CULPA que gerações e gerações (não, não culpe o moralismo judaico/cristãos antes de repensar sua própria parcela de culpa nisto) de humanos tem em CRIAR problemas em torno das relações sexuais.

Então aqui vão algumas razões para lembrarmos de OUTRAS razões para FAZER SEXO sem culpa:



1. Fortalece o coração
Transar aumenta a pressão arterial, o esforço do coração e equivale a um exercício físico moderado. Estima-se que relações sexuais de qualidade diminuam em até 30% o risco de infarto e de desenvolver doenças vasculares cerebrais, como derrame. Tanto é assim que um estudo americano feito em janeiro de 2010 alertou os homens: negar fogo pode favorecer o apareci­mento de males cardiovasculares. 

2. Aumenta a expectativa de vida
Uma pesquisa feita na Inglaterra, outra nos Estados Unidos e uma aqui no Brasil relacionaram a mesma coisa: número de orgasmos com anos de vida. O resultado de todas? Quanto maior a atividade sexual, mais se vive. É que a prática regular de sexo aumenta a imunidade e diminui o risco de várias doenças, como câncer, diabetes, infarto e até depressão. 

3. Beneficia o sono
Cama agitada significa sono tranquilo. É que, na hora do sexo, seu organismo é inundado por substâncias que aliviam as tensões, promovem esgotamento físico e bem-estar. Claro que, quanto mais ardente for o babado, maior é aquele cansaço gostosinho que faz pesar os olhos.

4. Queima calorias e emagrece
Dependendo da duração e da intensidade da relação sexual, é possível perder entre 100 e 300 calorias em 30 minutos - o equivalente a 20 minutos de corrida. "Explorar a criatividade em posições na vertical - contra a gravidade - aumenta o gasto calórico", orienta Maercio Lima, professor da Academia Competition, em São Paulo. O resultado vai aparecer na balança! 

5. Enrijece os músculos
Tudo bem que seu quarto não substitui a academia, mas uma transa equivale a uma aula de ginástica. Atiçando a criatividade e variando bem as posições, dá para malhar braços, abdome, bumbum e pernas, além de trabalhar com as articulações da cintura e da coluna. Os batimentos cardíacos se elevam de 50% a 80%, como se você e seu parceiro estivessem numa aula de aeróbica - ou correndo na esteira. Bom, né? 

6. Rejuvenesce (anos e anos)
De acordo com estudo feito na Escócia, quem mantém vida sexual ativa libera um hormônio que deixa o cabelo macio, a pele viçosa e os olhos brilhantes. O melhor: pode rejuvenescer mais de uma década! Os resultados da pesquisa mostraram que as pessoas que costumam transar quatro vezes por semana aparentam até 12 anos a menos. Está esperando o que para chegar aos 30 ou 40 com carinha de 20 e poucos? 

7. Eleva a autoestima
Trocar carícias, fazer e ouvir declarações de amor, dar e receber prazer. Quer mais motivos para sentir-se feliz? Pois o simples fato de saber que seu parceiro a deseja e que você é capaz de provocar prazer é um pratão para a autoestima. A-há, já pode começar a se achar! 

8. Deixa você calminha, calminha
Se você anda à beira de um ataque de nervos, provavelmente precisa de mais sexo. A endorfina liberada na atividade sexual diminui o nível de irritação e angústia, permitindo que áreas do cérebro que controlam medo, ansiedade e stress sejam desligadas durante o orgasmo. 

9. Melhora a qualidade de vida
Há dez anos, a Organização Mundial da Saúde incluiu o sexo entre os pré-requisitos para a qualidade de vida, tão importante quanto praticar exercícios e se alimentar bem. Isso porque durante o ato, estimulamos uma parte do cérebro que aumenta a sensação de bem-estar. Então, não vacile: chamar o mocinho às vias de fato faz a vida ficar mais alegre. 

10. Evita traições
Transar muuuuuito oxigena o relacionamento, facilita a compreensão mútua, aumenta a intimidade e deixa o caminho livre para o diálogo. Casos extraconjugais? É menor o risco de ocorrerem. Quanto maior o desejo, a frequência, a intensidade e a qualidade da relação, mais tranquilidade e bem-estar para o casal. 

11. Alivia dores
Os nomes são difíceis, mas saiba que na hora H o corpo fabrica três substâncias que aliviam dores e desconfortos. A primeira é a endorfina, o maior analgésico do organismo. Quando se junta à ocitocina, que aumenta em até cinco vezes durante o ato, pode atenuar dores de cabeça e das juntas. Para completar, o estrogênio liberado reduz os sintomas da TPM. Convencida? 

12. Dá mais vontade de fazer sexo!
É simples assim: quanto mais sexo você tem, mais sexo você vai querer. De novo a explicação é hormonal. O corpo sexualmente ativo desprende quantidades maiores de feromônios, aquele perfume natural que desperta tesão no parceiro. Por isso, lembre-se sempre: além da qualidade, em matéria de sexo, quantidade também conta.

Fonte: M de Mulher
Postar um comentário