sábado, 7 de abril de 2012

Budismo Zen por Aoi Kuwan


Budismo Zen ~  05/04/2012 por Aoi Kuwan



Aisatsu
Budismo Zen, uma das escolas budistas mais conhecidas no ocidente, tem sua origem na China, no chamado Budismo Ch’an, fundado pelo monge indiano Bodhidharma, chamado no Japão deDaruma (sim, se você se lembrou daqueles simpáticos amuletos japoneses os quais se pinta um olho e se faz um pedido, você acertou).

Há muito tempo, houve uma época em que os monges budistas acreditavam que a única forma de se atingir a iluminação era decorando livros e sutras budistas inteiros. Em oposição a esse pensamento, surgiu uma nova corrente do budismo que pregava o desapego aos livros e às escrituras: o Zen Budismo.

Para a sua doutrina, a iluminação pessoal não é encontrada em sutras ou emrituais, mas é alcançada através da meditação, da contenção e da confiança em si mesmo. Assim, para o Zen, a iluminação não é passível de ser alcançada de forma intelectual ou lógica, através do estudo de tratados acadêmicos, como achavam os antigos monges, mas sim através da experiência direta da realidade.

O próprio nome Zen já enfatiza essa doutrina. Como toda tradição budista, sua origem primeira encontra-se na China, advindo seu nome da palavra sânscritadhyana, que significa exatamente o estado contemplativo da prática meditativa. Essa expressão foi transliterada para o chinês como channa, e reduzido à formaCh’an, que deu o nome a essa escola. No Japão, o termo foi traduzido comoZen.

Foi em território japonês que o Budismo Zen floresceu, durante o período Kamakura (1185-1333). Não podemos esquecer que essa escola teve seus alicerces na China, recebendo forte influência da simplicidade e da serenidade das tradições confucionistas e taoístas. Essa simplicidade e serenidade importadas pelo Zen logo encontraram solo fértil no Japão, principalmente na realização da cerimônia do chá, não demorando para que esta fosse também associada à prática budista. A caligrafia, a pintura, os arranjos florais (ikebana) e praticamente toda forma artística da época também se tornaram ícones da experiência Zen.

As duas formas básicas de se experenciar o Zen é através do Zazen, a meditação, e dos Koans, os Contos Zen, enigmas e charadas. O próprioBudismo Zen possui várias vertentes, dentre as quais se destacam – por serem as mais antigas –, as escolas Soto e Rinzai. A Soto enfatiza a prática do Zazen, enquanto a Rinzai prefere o uso dos Koans.


Mais sobre Zen Budismo neste blog continue lendo aqui:

Postar um comentário