terça-feira, 5 de junho de 2012

Prefeitura de Porto Alegre convoca mais 276 servidores na área da Saúde


Prefeitura convoca mais 276 servidores na área da Saúde

05/06/2012 16:50:08

Foto: Luciano Lanes / PMPA
Fortunati: contratações integram um amplo projeto de qualificação dos serviços
Fortunati: contratações integram um amplo projeto de qualificação dos serviços
Foto: Luciano Lanes / PMPA
Iniciativa representa a aplicação de R$ 30 milhões anuais pelo município
Iniciativa representa a aplicação de R$ 30 milhões anuais pelo município
A fim de qualificar o atendimento ao cidadão e avançar no processo de informatização das unidades, a prefeitura contratará 276 novos servidores para os serviços de saúde na Capital. Na tarde desta terça-feira, 5, o prefeito José Fortunati anunciou as nomeações e assinou o edital de convocação dos profissionais estatutários, selecionados em concursos públicos realizados pelo município. (fotos) (vídeo)

O atendimento primário em saúde receberá o maior volume de profissionais, com 103 servidores. O Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas contará com 44 profissionais convocados, e o Hospital de Pronto Socorro terá 41 novos servidores chamados. Os demais agentes de saúde atuarão no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em pronto-atendimentos, na gerência de regulação e apoio administrativo.

Qualificação - As contratações dos 276 profissionais representam a aplicação de R$ 30 milhões anuais pelo município, como informou o prefeito. “Estamos investindo no fortalecimento do Sistema Único de Saúde em Porto Alegre. As contratações fazem parte de um amplo projeto de qualificação dos serviços públicos, construído em diálogo com a comunidade e o Conselho Municipal de Saúde”, afirmou Fortunati, listando ainda a ampliação das equipes de saúde da família e a informatização dos sistemas como instrumentos de expansão e modernização do atendimento.

O grupo de novos servidores prevê a nomeação de 124 médicos em diferentes especialidades, 49 enfermeiros, 87 técnicos de enfermagem, cinco nutricionistas, cinco farmacêuticos, dois bioquímicos, dois administradores e dois engenheiros civis. As equipes das secretarias municipais da Saúde e da Administração atuarão em parceria para agilizar o processo de contratação.

De acordo com o titular da Saúde, Marcelo Bosio, os profissionais devem começar a atuar nas unidades em até 60 dias. A secretária da Administração em exercício, Rita Eloy, explica que esse período é necessário para o cumprimento dos prazos legais de contratação e realização dos exames de admissão.

Locais previstos para atuação dos 276 profissionais

- ATENDIMENTO PRIMÁRIO EM SAÚDE - 103 | 53 médicos, 4 nutricionistas, 4 farmacêuticos, 13 enfermeiros, 28 técnicos de enfermagem, 1 administrador

- HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS - 44 | 22 médicos, 3 enfermeiros, 15 técnicos de enfermagem, 2 bioquímicos, 1 administrador, 1 engenheiro civil

- HPS - 41 | 13 médicos, 14 enfermeiros, 14 técnicos de enfermagem

- SAMU - 33 | 12 médicos, 2 enfermeiros, 19 técnicos de enfermagem

- PRONTO ATENDIMENTOS - 31 | 9 médicos, 1 nutricionista, 9 enfermeiros, 11 técnicos de enfermagem, 1 farmacêutico

- GERÊNCIA DE REGULAÇÃO - 23 | 15 médicos, 8 enfermeiros

- APOIO ADMINISTRATIVO - 1 | engenheiro civil


/saude
Texto de: Carolina Seeger
Edição de: Gilmar Martins
Postar um comentário