quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Um menino encontra o Nirvana

O menino Tao-hsun, então com 13 anos perguntou ao mestre Seng-ts'an: 

Por favor, mestre sagrado, demonstre-me sua grande compaixão, apontando diretamente o ensinamento libertador sobre o vazio.

Seng-ts'an em meio a seus alunos responde:

 Quem ou o que está te aprisionando?

Tao-hsun: 

Ninguém nem nada me aprisiona.

No que Seng-ts'an responde:

Então, por que você considera o ensinamento do vazio como um ensinamento libertador? Por que você procura a libertação no lugar original? Já que ninguém está realmente preso, como a libertação pode ser demonstrada?

Subitamente, o jovem Tao-hsun "realizou a liberação" e entrou no Nirvana - Este encontro passou a ser chamado a "Transmissão de Seng-ts'an" pois com apenas 13 anos de idade, Tao-hsin recebeu a transmissão do mestre Seng-ts'an. Tempos mais tarde se tornou o Trigésimo-Primeiro Patriarca do Zen.




Referências Históricas:
Tao-hsuan  ~ Trigésimo-Primeiro Patriarca do Budistmo Chinês e Quarto patriarca do Zen, Daoxuan (Tao-hsuan, ou Tao-hsin, ou Dosen, ou ainda Dayi Daoxin e Dai'i Doshin, viveu entre 596-667 ou 580-651.

É tido como fundador da Escola Risshu (escola de Preceitos, ou "regulamentos puros") chinesa.

Entre as "regras" que deviam ser lembradas pelos praticantes estavam:
  • As escrituras eram para ser estudadas no seu significado espiritual mais profundo e não para ser tomada literalmente ou superficialmente;
  • O Ch'an (Zen) é uma prática espiritual para todo mundo;
  • Atividade de qualquer tipo é meditação;
  • A comunidade é independente - criando seus próprios recursos, como a produção de alimentos (só isto é uma revolução gigantesca).



Postar um comentário