segunda-feira, 13 de junho de 2011

Governo confirma envio do projeto da Fugast à Assembleia Legislativa nesta semana


Rádio Guaíba   -  Matéria que prevê o pagamento das rescisões contratuais de 479 ex-servidores ainda não chegou ao parlamento


O governo do Estado envia, nesta semana, o projeto que autoriza o Executivo a pagar as rescisões contratuais dos 479 ex-servidores da Fugast, dispensados no dia oito de março. 

Conforme a assessoria de comunicação da Casa Civil, o texto não chegou ao parlamento na última semana em função de ajustes técnicos.

A matéria não prevê a possibilidade de reintegração, já que as demissões ocorreram em função de uma decisão do Supremo Tribunal Federal.

A líder do governo na Assembleia Legislativa, Miriam Marroni (PT), informou que o projeto tramitará em regime de urgência.

A expectativa é de que com a aprovação os pagamentos sejam efetuados em julho.


Os ex-trabalhadores da Fugast realizaram protesto, nessa manhã, em frente ao Palácio Piratini. 

Eles prometeram nova mobilização no mesmo local nesta terça-feira, além de diálogos nos gabinetes dos deputados estaduais.



Fonte: Gerson Anzzulin / Rádio Guaíba
Postar um comentário