sexta-feira, 18 de novembro de 2011


Falar para doarPorANDRÉ MONTEJORGE  montejorge@gmail.com

Há quase um ano, no dia 25, eu fiz um post aqui no blog, que espero, muitos lembrem! Afinal, era sobre um assunto de grande importância: a doação de órgãos. Na época, divulguei o concurso cultural "Para Doar é só Falar". A ideia era incentivar as pessoas a criarem vídeos sobre o tema. E o concurso foi um mega-sucesso! Por este motivo, divulgar a ganhadora, e também para voltar a falar do assunto, cá estou eu encampando novamente a causa! Espero do fundo do meu coração que você também ajude a divulgá-la. Ser convidado mais uma vez para participar desta campanha também me deixe extremamente honrado! Sinal de que eu, você e todos os leitores do blog somos pessoas de bem!
E neste terceiro ano consecutivo que o pessoal da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) e a Novartis promovem a campanha "Estenda a mão para essa causa", eles voltam a lembrar as pessoas como é fácil se tornar um doador. Não tem burocracia, não tem frescura, não tem que ir em lugar algum. Basta informar, verbalmente, que você é um doador. Só! É legal deixar isto claro desde sempre, pois apenas a família pode autorizar a remoção de órgãos e tecidos para um transplante. Quem me conhece, sabe que sou doador de sangue, de medula óssea e já avisei meus familiares sobre a doação de órgãos.
Aproveito para dizer também que recebi um material promocional muito legal e altamente criativo, como incentivo para que eu divulgasse a campanha. Adorei mesmo pessoal! Um baldão de pipoca com filmes e guloseimas, algumas entradas de cinema (com segredo para encontrá-las) e um DVD com os vídeos que ganharam o concurso. O objetivo era juntar amigos e parentes e aproveitar a sessão caseira de cinema para debater e divulgar o assunto doação. Obviamente, não foi por este mimo que estou divulgando; um post como este eu faria independente de grana, presente ou qualquer outra coisa. Fiz e sempre farei, porque entendo a importância do assunto. Saber que posso dar minha humilde contribuição numa campanha que ajuda a salvar a vida de milhares e milhares de brasileiros na fila do transplante, vale qualquer esforço.
*Olha o baldão que eu ganhei! Aproveitando que o tema era doação, doei as guloseimas para a molecada da minha rua.

Então acho que o recado tá dado! Para ser doador é só falar, simples assim, e para mais informações clique em: www.estendaamao.com.br. Por fim, fique com o vídeo da duplamente vencedora, Gisele Rocha. Afinal, além de ganhar o concurso, ela já ganhou um coração que salvou a sua vida em um transplante.  "Doadoramente legaus"!

Para mais informações, acesse: www.estendaamao.com.br

Postar um comentário