sábado, 12 de novembro de 2011

Nirvana !


Em certa ocasião, Sidharta Gautama, o Budha, estava em Savatthi, no Bosque de Jeta, no Parque de Anathapindika. 

Naquela ocasião o Abençoado estava instruindo, estimulando, encorajando e motivando os bhikkhus com um discurso do Dharma relativo a Nibbana. Os bhikkhus – receptivos, atentos, focando toda a sua atenção, dando ouvidos – ouviam o Dharma.
O Abençoado nessa ocasião exclamou:
"Naquele que tem apego, há agitação.

Naquele que não tem apego, não há agitação.

Não havendo agitação, há calma.

Havendo calma, não há preferência.

Não havendo preferência, não há ir e vir.

Não havendo ir e vir, não há falecimento e renascimento.

Quando não há falecimento e renascimento, não há nem um aqui, nem um ali, e tampouco entre os dois.

Isso, justamente isso, é apenas o fim do sofrimento."



Isto é o Nirvana.
Postar um comentário