quarta-feira, 21 de março de 2012

Dia 21 de março ~ Dia Internacional da Síndrome de Down.

Dia 21 de março, é celebrado o Dia Internacional da Síndrome de Down.
A data foi escolhida pela Associação Down Syndrome International em alusão aos 3 cromossomos no par de número 21 (21/3), que as pessoas com síndrome de down possuem.

  • No Brasil, essa é a maior causa de deficiência intelectual, e atinge cerca de 300 mil pessoas.

  • Atualmente, uma em cada 650 crianças nascidas vivas, tem Síndrome de Down.
  • Hoje, cerca de 80% das crianças down nascem de mulheres com menos de 35 anos devido à maternidade ser mais comum nessa faixa etária.
  • No entanto, a incidência da síndrome em filhos de mulheres mais velhas é maior. De cada 400 bebês nascidos de mães com mais de 35 anos, um tem a alteração genética. 
Só para lembrar a importância de se registrar esta data:
Em 2009 Estudo publicado no British Medical Journal mostra que houve um grande aumento no número de diagnósticos de Síndrome de Down na Inglaterra e País de Gales – provavelmente causado pelo aumento na idade média das gestantes – mas uma redução no número de nascimentos de crianças portadoras da síndrome.

A implicação é que, uma vez feito o diagnóstico pré-natal, o feto portador de Down é abortado na maioria (mas não na totalidade) dos casos.

O mesmo se encontrou na França e na Itália.

O Brasil NÃO TEM TRABALHO demonstre esta situação, mas é um país onde o diagnóstico precoce da síndrome é instrumento para pedido de aborto legal (ainda???) ! ! !

Assista o vídeo veiculado no dia 18/03 pelo Programa Fantástico da TV Globo: AQUI!!
Este ano, a Organização das Nações Unidas (ONU) irá celebrar a data pela primeira vez, com uma cerimônia em Nova York. Educação inclusiva, participação política, vida independente e pesquisas científicas são alguns dos tópicos que serão discutidos por representates de todos os continentes no encontro. 
 
O Brasil estará representado por jovens da Associação Carpe Diem, de São Paulo, que foram convidados para lançar o livro de sua autoria Mude o seu falar que eu mudo o meu ouvir, um guia de acessibilidade na comunicação para pessoas com deficiência intelectual. A publicação terá versões em português e inglês.

O evento será transmitido ao vivo no site da ONU (www.un.org), a partir das 10h desta quarta-feira. 

Postar um comentário