quinta-feira, 22 de março de 2012

Eu lembro de Angus MacGyver


Hoje eu ouvi na rádio a abertura de “Tom Sawyer”, do Rush...


Bum! ! ! !


Lá estava eu lembrando com um sorriso na cara do tempo que eu ouvia a chamada  de abertura  da minha série preferida da época...

Tava na hora sagrada do MacGyver (no Brasil, o nome era  Profissão: Perigo) foi uma série de televisão americana exibida  inicialmente na década de 1980.  O título original da série vinha do nome do protagonista, Angus MacGyver, um “agente secreto” de uma agencia independente que não usava armas de fogo e resolvia os seus problemas graças a conhecimentos científicos, materiais comuns como clipes de papel, goma de mascar  e um canivete suíço que sempre carregava consigo.


Ainda hoje seu nome é lembrado toda vez que alguém faz uma fuga, uma gambiarra ou concerta alguma coisa complicada com CRIATIVIDADE. Eu mesmo sou chamado de MacGyver (com um orgulho secreto que só eu sei) quando um "respira" ou "bomba de infusão" da pane e me pedem para "resolver" o problema. Quando o problema é solucionado la vem: "Mas é um MacGyver mesmo"!

Se você tem menos de 30 e não assisitiu vou te dar uma idéia de  alguns feitos do cara:

Usou o bilhete de um jogo de hóquei para impedir a explosão de uma bomba.

Carregou a bateria de um carro com uma garrafa de vinho.

Desarmou um míssil usando um clipe de papel.

Impediu um vazamento de ácido com uma barra de chocolate, fazendo o ácido reagir com dissacarídeos do chocolate (lactose e sacarose) para formar carbono elementar, transformando-o em um resíduo grosso e viscoso.

Usou um aspirador de pó como revólver.

Fez um carro andar sozinho usando apenas um cinto como guia.

Usou imãs, fósforos e papel para distrair robôs sensiveis ao calor.

Conseguiu se livrar de sua algema usando um canivete suíço.

Criou um robô para abrir uma geladeira e pegar os ovos.

Fez um “carro-para-quedas” com: partes de um Jeep, de um avião de carga e um pára-quedas. Resultado: MacGyver estava em um avião e queria pular fora, e, uma vez que estamos falando de MacGyver, ele descobriu uma maneira de sair. Equipou um pára-quedas num carro, pulou pela parte traseira do avião e ainda pousou em segurança, fugindo com o carro.

Torpedo com pedaços de madeira, pedras, trapos, cachimbo, um cano e uma caldeira. Resultado: você não pode prender MacGyver em um porão e esperar que ele fique lá. Ele transformou um cano num torpedo que varou a parede do porão e criou um buraco para a escapada.

Fez uma “bomba” com extintor de incêndio: Perseguido por bandidos em  jipes, ele montou uma bomba improvisada usando um extintor de incêndio e ganchos; em seguida, lançou-o para fora, como um estilingue, acertando um dos jipes, explodindo o radiador.

Fez um “fusível” com embalagem de goma de mascar: Aqui, ele usa a embalagem de uma goma de mascar para fixar um fusível queimado juntando os dois contatos com o invólucro de alumínio.

Cocertour um radiador furado com “Clara de ovo” e água. Em uma das mais improváveis gambiarras de MacGyver, ele consegue fazer um carro funcionar novamente, consertando um furo no radiador com apenas água e alguns ovos (encontrados no galinheiro ao lado, é claro). A clara, em contato com a água quente do radiador, entope o buraco. Esse truque foi testado e considerado “plausível” pelo programa Mythbusters.

Fez um “Laser solar”. Usando cristais, rubis e uma bacia, MacGyver constroi um “raio de calor” Então, aguarda o sol para alinhar o feixe de luz e usa-lo para perfurar uma rocha sólida. Mesmo no filme, ele parece tão surpreso quanto a gente por ter funcionado!

Estes e muitos outros feitos levam alguns a crer que MacGyver deve ser elevado à Santo das Causas Impossíveis e Ícone Nerd (muito antes do Sheldon Lee Cooper). Antes de ser Nerd ser moda.

Se ele deve ser elevado a São MacGyver eu não sei.

O que eu sei é que eu compraria a camisa na Red Bug.


O personagem MacGyver é um herói de ação fora do padrão. Altamente inteligente, prefere resolver os conflitos sem violência, e recusa-se a carregar ou usar uma arma devido a um acidente de infância com um revólver que resultou na morte de um amigo. O que não impede que ele exploda coisas por tudo que é lado... sempre de maneira pouco usual. A capacidade inventiva do personagem, tomada como um exagero fruto de liberdade artística, é, entretanto, verossímil. Todos os truques executados por MacGyver são cientificamente viáveis. Embora bizarros e desproporcionalizados eles são possíveis*(leia as dicas das fontes) 



Na histporia se descobre que Angus nasceu e se criou em Minnesota. (o próprio Richard Dean Anderson nasceu em Minneapolis, em Minnesota.) Graduou-se na Faculdade Alexander Ramsey em Roseville, Minnesota, em uma escola técnica fictícia chamada Western Tech onde obteve bacharelado em física.


A série foi criada por Lee David Zlotoff e produzida por Henry Winkler. Iniciado em 29 de Setembro de 1985 a 21 de Maio de 1992 na rede ABC. Foi filmada primeiramente em Vancouver, Columbia Britânica, Canadá. Dois filmes feitos para TV foram produzidos em1994.

O recurso principal de MacGyver é uma variedade de soluções improvisadas, para escapar da captura, do desastre ou para geralmente derrotar os inimigos. Elas derivam da aplicação prática do conhecimento científico e uso de itens comuns (sempre havendo a coincidência de ter à disposição materiais úteis) - junto com seu canivete suíço

O fato de nem todas serem passíves de reprodução deve-se ao fato de que os produtores optaram por não exibir todas as etapas nos casos de truques perigosos, como a criação de bombas, de modo a impedir que crianças os reproduzíssem.[2]

O uso de artigos para construir dispositivos júri-equipados mostra uma influência do Esquadrão Classe A (embora MacGyver não usasse arma de fogo) e incorporou a cultura popular dos EUA como "MacGyverismo".





Postar um comentário