domingo, 15 de janeiro de 2012

O que levar para um retiro de meditação?


Muitos grupos de estudos Budistas (leigos ou vinculados a alguma tradição) aproveitam o carnaval para realizarem mini retiros neste período.

Pensando nisto veio a ideia de ajudar a quem nunca participou de algum retiro a fomentar sua mochila com coisas úteis e dicas de oque levar. Segue as dicas:





O que levar para um retiro de meditação?

Dicas para o que levar para seu conforto em um retiro de meditação, elas são particularmente aplicáveis a retiros vipassana, como os desta programação, mas também se aplicam a retiros do budismo zen e tibetano. Em todos os casos consulte a organização do evento para tirar todas as suas dúvidas.
Quando vamos fazer um retiro, depois da decisão inicial de querer fazê-lo logo surge questão humana mais básica, “o que devo levar?” ou então “o que posso levar?”. Bem, primeiramente devemos levar em conta uma série de variáveis que são: o local do retiro, a época do ano, quantos dias de duração tem e ainda outras variáveis pessoais tais como: se a pessoa possui alguma alergia ou alguma condição médica que deve ser respeitada, se sente muito frio ou calor. Então vamos por etapas, vamos iniciar com o básico, aquele material que é o mesmo para qualquer condição.
O Básico
Basicamente, independente do local, precisamos levar um zafu, um zabuton, meias e uma manta ou cobertor para a sala de meditação. Isso porque é o mínimo de conforto que você pode dar ao seu corpo.
zafu e o zabuton são indispensáveis, são eles que propiciam uma coluna reta (zafu) em um local isolado do frio (zabuton). Para as meditações e pujas da manhã e da noite, você precisará de meias e coberta, mesmo que não seja uma pessoa que sente muito frio. Num retiro de final de semana, além de seus itens pessoais, é isso o necessário.

Para um retiro de mais de 2 dias…
Em um retiro de mais de 2 dias, já se pode pensar em levar algo que possa revezar com o zafu na tarefa de deixar seu corpo minimamente confortável para suportar ficar na posição sentada de meditação por várias horas, vários dias. Alguns recursos são:
Imagem: Espaço Mahayana

Cadeiras de chão
Há no mercado  cadeiras de chão muito boas, que possuem suporte para a coluna, elas são ótima para meditantes com problemas na coluna ou você pode simplesmente utilizá-la nos momentos de palestras, quando não estiver meditando, assim você tem um revezamento entre o zafu e outro acessório que pode deixar o seu corpo mais relaxado e preparado para o dia seguinte. Informações sobre estas cadeiras você encontra aqui e aqui. Outro ponto positivo destas cadeiras é que são completamente desmontáveis e vão ocupar pouco espaço na sua bagagem.






Imagem: Espaço Mahayana

Banquinhos Seiza
Além das cadeiras de chão há também no mercado o tradicional “banco seiza”, muito utilizado em salas de meditação. Esse banco não possui encosto para a coluna, mas pode ser um alívio para pessoas altas, por causa da posição dos joelhos.


Os joelhos e a coluna são as partes do corpo que mais incomodam os meditantes, de modo geral. Para a coluna podemos pensar em cadeiras (para quem tem problemas crônicos ou já agudos de coluna), e na cadeira de chão. Para os joelhos, o ideal é que você consiga mantê-los no chão, posição que proporciona uma base sólida e uma coluna reta, no uso do zafu. Se você é uma pessoa alta, pode encontrar dificuldades em manter os joelhos no chão, então recomendo um apoio, para que os joelhos não fiquem no ar, e atrapalhem a prática. Use almofadas de apoio nos joelhos. Sente-se no seu zafu normalmente (da forma correta, claro) e no espaço que sobrar entre o chão e os joelhos, coloque almofadas.
Imagem: Still Sitting
Qualquer almofada serve, desde que seja da altura que você precisa, teste essa altura em casa antes de ir para o retiro. Com o tempo e a prática você vai retirando essas almofadas aos poucos. Não tenha pressa. O importante é que seu corpo possa estar na posição mais confortável que você puder proporcionar, para que você volte sua atenção ao que lhe interessa naquele momento: a mente.
Retiros prolongados
Para retiros prolongados, de 10 ou mais dias, pense em coisas que estão também relacionadas ao ambiente onde você estará. O lugar é frio? Úmido? Possui lagos e lagoas próximas? É seco? É muito quente? Tudo isso pode interferir na sua prática e é bom que possua acessórios que contornem qualquer eventual “problema”. Em lugares muito úmidos e frios, leve meias, cachecóis, agasalhos que não façam barulho ao vestir e se mover e cobertores adicionais. Pode ser também que você tenha problemas com esse clima. Se você for alérgico, por exemplo, converse com os organizadores do retiro, explique sua situação e leve seus remédios de emergência. Picadas de insetos, tempo úmido, mofo das paredes, tudo isso pode impedir que você pratique. Então tenha sempre à mão aquilo que pode lhe dar socorro nesses momentos. Outra coisa boa para alérgicos (eu sou uma dessas pessoas) é ter sempre sua própria roupa de cama, mesmo que o local lhe oferte.
Para pessoas que convivem com outras condições médicas, é muito importante deixar os organizadores do retiro cientes de sua condição e levar os remédios que sempre utiliza. Se for diabético, por exemplo, e deve se alimentar de 3 em 3 horas, é necessário levar seu “kit” de comidinhas e realizar sua alimentação conforme as instruções dos organizadores do retiro. Se você precisa de um relógio para controlar os horários de alimentação ou de remédio, que seja um relógio silencioso, pois na sala de meditação o “tic tac” de relógios é sempre ouvido! Além disso, não utilize nunca a função “despertador”, pois isso irá atrapalhar a prática dos outros meditantes.
Em locais muito quentes, utilize roupas leves e pense também nos mosquitos. Os mosquitos podem atrapalhar bastante. Utilize repelentes que tenham pouco ou nenhum cheiro. Em salas de meditação é uma regra básica e de educação não usar nenhum produto que tenha cheiro muito forte, mesmo que para você esse cheiro seja delicioso.
Em retiros vipassana prolongados é muito comum a prática de meditação andando, inclusive ao ar livre. Para isso leve sempre seu protetor solar, chinelos, camisa de manga longa e um chapéu ou boné. Podem ser bastante úteis dependendo do local.
Postar um comentário